Para utilizar o Analytics você deve acessar o Real-Time Manager e clicar em Control your traffic.

A tela do Analytics possui algumas regiões para que possa ser feito alguns filtros, tais como:

  • Área para Filtrar o Intervalo de Dados: Onde você pode selecionar o período que gostaria que fosse exibido.
  • Área de Dados: Onde são exibidos os gráficos com os dados solicitados.
  1. Filtrar Intervalo de dados
  2. Export to CSV
  3. Como Interpretar os Gráficos
  4. Data Transferred
  5. Requests
  6. Status Codes
  7. HTTP Methods
  8. Connections
  9. Storage
  10. WAF

Filtrar Intervalo de Dados

Todas as opções de gráficos de produtos no Analytics possuem o Filtro de Intervalo de Dados.

Os gráficos são atualizados e apresentam as informações conforme os critérios selecionados no filtro.


Export to CSV (Exportando para CSV)

Após aplicar os filtros, você pode exportar as informações para um arquivo CSV, para realizar esta ação, clique no ícone CSV ao lado do gráfico desejado.


Como Interpretar os Gráficos

As informações são apresentadas conforme a solução e o intervalo de tempo selecionados nos filtros, os gráficos apresentados estão agrupados em:

Data Transferred (Dados Transferidos)

Esta guia apresenta gráficos com as informações referentes ao volume de dados transferidos pela solução que você selecionou, esta aba apresenta 4 gráficos referentes ao volume de dados trafegados na solução e no período selecionado, como segue:

Total Data (Total de Dados): Este gráfico apresenta o somatório (Saved Data + Missed Data) do volume de dados trafegados na solução e no período selecionado, passe o mouse sobre o gráfico para visualizar o valor exato trafegada no período.

Os valores exibidos no rodapé do gráfico são os somatórios do volume no intervalo.

Data Offloaded (Dados Entregues): Este gráfico apresenta o percentual do volume de dados que foram entregues pela solução da Azion, ou seja, é a representação do gráfico Saved Data só que em percentuais, passe o mouse sobre o gráfico para visualizar o percentual exato no intervalo selecionado.

Os valores exibidos no rodapé do gráfico são as médias no intervalo.

Saved Data (Dados Entregues pelo Cache): Este gráfico apresenta o volume de dados que foram entregues pelos servidores da Azion, ou seja, sem buscar o conteúdo no servidor de origem, passe o mouse sobre o gráfico para visualizar o valor exato do período.

Os valores exibidos no rodapé são os somatórios do volume do intervalo.

Missed Data (Datos Entregues pela Origem): Este gráfico apresenta o volume de dados que foram entregues pelo servidor de origem, ou seja, a solicitação foi feita aos servidores da Azion, mas o conteúdo não havia sido transferido da origem para eles. No momento que o servidor de origem atende a solicitação, ele também envia para os servidores da Azion o conteúdo.

Os valores exibidos no rodapé do gráfico são os somatórios do volume no intervalo.

Bandwitdh Usage (Utilização de Banda)

Total Bandwidth Usage (Total de Banda Utilizada): Quantidade de Mbps utilizados da banda.

No rodapé do gráfico mostra a média da banda utilizada no intervalo.

Bandwidth Offload: Percentual de banda que foi descarregado.

No rodapé do gráfico é exibida a média da banda utilizada no intervalo.

Saved Bandwidth: Quantidade de Mbps da banda que foi entregue pela CDN sem precisar buscar o conteúdo no servidor de origem.

No rodapé do gráfico é exibida a média da banda utilizada no intervalo.

Missed Bandwidth: Quantidade de Mbps da banda, até o servidor de origem do conteúdo.


Requests (Solicitações)

Total de Requests: Quantidade de solicitações de clientes ao conteúdo. No rodapé do gráfico mostra o somatório de solicitações do intervalo.

Saved Requests: Quantidade de solicitações que foram entregues pelos servidores da Azion, ou seja, sem buscar o conteúdo no servidor de origem. No rodapé do gráfico temos o total de solicitações entregues no intervalo.

Missed Reuqests: Quantidade de solicitações que foram entregues pelo servidor de origem, ou seja, a solicitação foi feita aos servidores da Azion, mas o conteúdo não havia sido transferido da origem para eles. No rodapé do gráfico temos o total de solicitações para a origem no intervalo.

Requests per Second (Solicitações por Segundo)

Total Requests per Second: Quantidade de solicitações de clientes ao conteúdo por segundo. No rodapé do gráfico temos a média de solicitações por segundo no intervalo.

Requests per Second Offloaded: Percentual por segundo de solicitações que foram entregues pelos servidores da Azion, ou seja, sem buscar o conteúdo no servidor de origem. No rodapé temos a média no intervalo.

Saved Requests per Second: Quantidade de solicitações por segundo que foram entregues pelos servidores da Azion, ou seja, sem buscar o conteúdo no servidor de origem. No rodapé do gráfico temos a média de solicitações entregues no intervalo.

Missed Requests per Second: Quantidade de solicitações por segundo que foram entregues pelo servidor de origem, ou seja, a solicitação foi feita aos servidores da Azion, mas o conteúdo não havia sido transferido da origem para eles. No rodapé do gráfico é exibido a média de solicitações por segundo no intervalo.


Status Codes

Esta guia apresenta os gráficos com as informações referentes aos códigos de Status de entrega de conteúdo. Uma excelente documentação para aprofundar o conhecimento sobre HTTP Status Codes pode ser encontrada neste link: List of HTTP Status Codes. Disponível apenas no Analytics Premium.

HTTP Status Codes 2xx: Essa classe de status indica que a requisição do usuário foi recebida, entendida, aceita e processada pelo servidor.

Código Descrição
200 OK: Status padrão de uma requisição HTTP bem sucedida. Significa que o conteúdo foi entregue para o usuário corretamente.
204 No Content: Significa que o servidor completou a requisição mas não havia nenhum conteúdo a ser entregue.
206 Parcial Content: O servidor está entregando somente parte do conteúdo pois ele foi dividido em partes.
2xx Outros Status: Aqui podem constar outros tipos de Status de requisições que também foram atendidas mas que não são muito comuns.


HTTP Status Codes 3xx
: Essa classe de status indica que a requisição do usuário foi redirecionada e precisa mais um passo para ser entregue.

Código Descrição
301 Moved Permanently: Essa e todas as requisições futuras serão redirecionadas para outra URL.
302 Found: Essa requisição foi temporariamente redirecionada para outra URL.
304 Not Modified: É identificado pelo Header do conteúdo que ele ainda não foi modificado e não precisa ser requisitado novamente. Pode-se entregar o arquivo existente no Browser do usuário.
3xx Redirection: Aqui podem constar outros tipos de Status de requisições que também foram redirecionadas mas que não são muito comuns.


HTTP Status Codes 4xx
: Essa classe de status indica que ocorreu um erro na requisição do usuário:

Código Descrição
400 Bad request: O servidor não pode processar a requisição, geralmente por algum erro no formato da requisição.
403 Forbidden: A requisição é válida mas não foi autorizada no servidor, significa que o usuário ou o IP que está fazendo a requisição não é autorizado para tal.
404 Not Found: O arquivo ao qual a requisição solicitou não existe na origem.
4xx Client Error: Aqui podem constar outros tipos de Status de requisições que também geraram erros mas que não são muito comuns.


HTTP Status Codes 5xx
: Essa classe de status indica que o servidor falhou ao tentar entregar uma requisição aparentemente válida.

Código Descrição
500 Internal Server Error: É uma mensagem genérica que é dada quando há um erro inesperado no servidor não conseguindo tratar a requisição.
502 Bad Gateway: Quando o servidor está servindo como Gateway ou Proxy e recebe uma resposta inválida da origem. Geralmente ocorre quando a origem está fora.
503 Service Unavailable: Servidor não está disponível. Geralmente um Status temporário.
5xx  Server Error: Aqui podem constar outros tipos de Status de requisições que também geraram erros mas que não são muito comuns.

 


HTTP Methods

Esse gráfico mostra as requisições para o seu site segregadas por método HTTP utilizado. Para informações mais aprofundadas sobre métodos HTTP pode-se ler neste link: Hypertext Transfer Protocol. Gráfico disponível apenas no produto Analytics Premium.

Método Descrição
GET Esse método de requisição só recebe dados do servidor.
POST Esse método de requisição envia dado para o servidor.
HEAD Esse método de requisição é igual a um GET, mas não recebe o corpo do HTML, somente o cabeçalho.
OTHERS Outros métodos de requisição que não são tão comuns, são agrupados neste tipo.

Connections

Esta aba está disponível quando a solução Live Streaming é selecionada. Ela apresenta as informações referentes ao número de usuários conectados aos streams da sua empresa.

Average Connected Users: Média de usuários conectados no Stream selecionado. No rodapé do gráfico é exibido a média de usuários conectados no intervalo.

Max Connected Users: Máximo de usuários conectados no Stream selecionado. No rodapé do gráfico é exibido o número máximo de usuários conectados no intervalo.


Storage (Dados Armazenados)

Esta guia apresenta gráficos com as informações referentes ao do produto Cloud Storage.

Used Space: Quantidade de informação armazenada pela sua empresa ao longo do tempo. No rodapé do gráfico é exibido o máximo de utilização do storage no intervalo.


Web Application Firewall (WAF)

Para os clientes que possuem o produto Web Application Firewall há um gráfico específico para mostrar os comportamentos das requests.

Threats vs Requests: Esse gráfico apresenta a média de ataques bloqueados no período selecionado.

Cross-Site Scripting (XSS) Threats: Esse gráfico representa a média de ataques do tipo Cross-Site Scripting, um tipo de vulnerabilidade tipicamente encontrado em web applications, que permite ao atacante inserir no lado do cliente scripts em uma página da web vista por outros usuários.

Remote File Inclusion (RFI) Threats: Esse gráfico representa a média de ataques do tipo Remote File Inclusion, um tipo de vulnerabilidade tipicamente encontrado em websites. Permite ao atacante incluir um arquivo no web server.

SQL Injection Threats: Esse gráfico representa a média de ataques do tipo SQL Injection, uma técnica de inserção de códigos usada para atacar data-driven applications.

Other Threats: Esse gráfico apresenta a média de ataques bloqueados pelo WAF e que não estão separados pelas classificações de ataques acima.